segunda-feira, 10 de julho de 2017

VIVER COM MEDO


camisa - feira / calças - pull&bear / ph: andreia 

Com vinte um anos ponho muitas questões em cima da mesa, tantas quanto já vos partilhei aqui com vocês, e de certa maneira, todo o ser humano vive com imensas perguntas, mas e a resposta para elas? Passamos a vida a tentar mas eu sei que um dia tudo muda.

Passei este último semestre com medo do futuro, com medo e com incerteza acerca daquilo que quero fazer a seguir mas também me apercebi que ao mesmo tempo que estou com tantas dúvidas estou a desperdiçar tempo. Estou a desperdiçar este sol lindo que está lá fora, estou a desperdiçar grandes passeios ao final do dia, estou a desperdiçar a vida, aliás não estou a sequer a viver, estou apenas a sobreviver. Estou a tomar consciência disso mesmo, e garanto-vos que há uns anos atrás, eu era certa.

Quando falo em certa, falo que sabia exactamente aquilo que queria mas hoje já não sei, infelizmente ou felizmente. Assusta-me o futuro e ainda mais a velhice. Já referi aqui que o meu part-time é atendimento ao público e com isso vejo e sei muita coisa acerca de pessoas, já sei distinguir mais facilmente as pessoas boas e as pessoas más e sei ver quem está sozinho, e tenho medo.

Sinto-me à deriva, mesmo. Mas da minha experiência, isto é só um grande degrau, vamos todos chegar lá. A quem está na mesma situação só tenho a dizer que o medo é o nosso maior medo e viver com ele é mau, horrível, mas todos nós o superamos, vem tudo de nós, se querermos sair deste vazio ou se queremos lutar por nós e pelo nosso futuro. Estou a aprender a viver o presente, façam o mesmo!
 Mais um desabafo *

ANDA DAÍ,
BEIJOCAS!


segunda-feira, 26 de junho de 2017

SEM TÍTULO






óculos - banalstore / vestido - ZAFUL / chinelos - oysho / ph: leandro 

Mudança de planos, como sempre. Chego à conclusão que não vale a pena tentar sequer fazer planos nestas altura do ano. Pensava que ia ter tempo para mim, para me dedicar a mim, à carta e ao relatório e parece que não, vou tra ba lhar. O dinheiro não é tudo e sinceramente não traz felicidade, claro que pode dar conforto e tudo isso, mas eu já vivi para saber que não traz felicidade, mas como quero seguir e partir para algum lado, uns trocos dá sempre jeito, não é verdade? Além disso carta sem carro, não funciona.

Espero que estas fotografias, especialmente a preto e branco, vos tragam tanta leveza como estou a tentar ser e ficar, leve sem preocupações. O vestido ajuda imenso, confesso, especialmente porque com ele não preciso de usar sutiã! Acho que ainda não referi mas eu odeio usar, tudo porque apesar de não ter um grande peito, tenho um peito bem pesado e quando uso, principalmente com calor, até fico sem ar! Incomoda-me imenso usar e sempre que tenho uma oportunidade para não ter, faço uma festa!

Há ainda outra coisa que quero partilhar com vocês, conheci através do Filipe dos Pequenos Monstros uma banda brasileira, tão a minha cara! Adoro quando isso acontece e ultimamente era raro encontrar músicas que me preenchessem, mas Rubel veio na altura certa, vejam e diga-me se também gostam. Não sei se é pela minha descoberta interior se é pela calma da melodia, mas adoro.

ANDA DAÍ,
BEIJOCAS!


sexta-feira, 23 de junho de 2017

NEVER NOT HUNGRY | ZAFUL




Já estou nestas andanças à um ano e dois meses portanto devem saber que esta t-shirt foi feita para mim não sabem? Não foi, claro, quem me dera a mim, mas eles acertaram que nem ginjas! A primeira vez que a usei disseram-me logo a, não percebo o porquê, ironicamente. Tenho a dizer-vos que a qualidade é igualável a uma loja do género Pull & Bear ou Zara, mesmo! No meu caso encomendei o XL mas verdadeiramente corresponde a M-L justo. É um pormenor que têm de ter em atenção são os tamanhos.

Em relação ao meu novo colar, já viram algo do género por estes lados, se bem se lembram e mais uma vez, não sendo o meu estampadado favorito, admito, eu adorei a qualidade dele, isso sim. Inicialmente encomendei o estampado mesmo de bandana mas chegou-me cá a casa este como se fosse um céu estrelado. Não muito a minha cara. Mas malta, vamos sair da nossa zona, é bom!

Hoje é tudo muito curtinho porque estou mesmo de passagem. Não quero falhar com vocês, prometi a mesma que assim que acabasse o estágio ia-me dedicar aqui a 100% e estou a fazer por isso. Não posso falar na não edição destas fotografias, como é óbvio mas temos tipo publicações dia sim dia não, como era habitual. Neste momento voltei para o meu part-time, ando a tentar encaixar o relatório e uma apresentação do mesmo e ainda, muito importante, a ver se é desta que tiro a carta. Vou-vos actualizando!

Encontramos-nos segunda, até lá vou hibernar para o relatório de estágio! Bom fim de semana *

ANDA DAÍ,
BEIJOCAS!

quarta-feira, 21 de junho de 2017

13 REASONS WHY


Vocês aqui não devem saber mas eu sempre disse aos meus "amigos" que nunca ia ver esta série, que já estava muito falada e não devia de ser assim tão boa como as pessoas diziam. Pela história ia ser mais do mesmo dos livros que leio e coisas desse género. Nunca me vi assim, confesso, a dizer tão mal de uma coisa sem a experimentar, acho que o alarido realmente foi muito, toda a gente falava nesta série e por isso não tinha grande interesse mas a Carracinha convenceu-me e eu adorei, das minhas séries preferidas!

Não vos vou resumir nada da série até porque ela continua na berra mas muito por alto, a série conta a história de uma rapariga que deixa 13 cassetes a explicar o porquê de se ter suicidado. Tudo vai girar a volta deste assunto e do Clay, o rapaz que está com os auriculares na thumbnail do vídeo. Agora para quem viu, fui só que que me apaixonei pela personagem dele? Tão adorável, a sério!

Não caiam no mesmo erro que eu, não digam que não gostam até ver porque realmente é muito boa e aborda temas da actualidade. Acho sinceramente que até os mais novos, não tão novos, deveriam ver. Por aquilo que sei e que tenho vivido, esta nova geração vem muito arrebitada, na minha altura não éramos assim, mas bem, agora que vi esta quero saber novas! Alguma que ando a perder muito boa?

ANDA DAÍ,
BEIJOCAS!

segunda-feira, 19 de junho de 2017

LEMON YELLOW DRESS WITH GIVEAWAY!


1 | 2

Já que ando numa de vestidos, como vos mostrei na última publicação, e o verão chama por isso mesmo, hoje venho-vos mostrar uns queridinhos que são bem a minha cara que possivelmente poderão vir para cá, vestidos em tons lemon yellow e ruffle chiffon.

Comprar vestidos na feira é óptimo e em segunda mão ainda melhor, para mim claro, mas mais uma vez, fui até à ZAFUL, e perdi-me! É óbvio que há imensas peças lá que não se encontram em segunda mão, nisso temos de ser sinceros. Adiante, já encomendei algumas coisas por lá e correu tudo super bem, tudo como mostra na fotografia do site, sei de algumas pessoas que não aconteceu o mesmo mas isso é uma questão de verem se a peça em questão tem feedback, melhor é mesmo ter fotografia de clientes!

Em relação a estes dois vestidos, estou in love. O primeiro, em tons amarelos, chama por mim em pleno verão, ao final de um dia de trabalho. É raro o ano que vou à praia visto que normalmente o meu verão é passado a trabalhar, mas não impede de estar bem com um vestidinho deste género. Já o segundo é totalmente primavera ou estou enganada com as estações? Via-me a vesti-lo tanto no dia a dia como numa ocasião mais importante, embora que tão depressa não tenha nada importante, acho.

Bem, agora querem que eu me cale e vos fale dos mega giveaway que a ZAFUL está a preparar  para o seu 3º aniversário certo? 



Só têm de ir ao blog da 
ZAFUL e encontrarem uma publicação onde tem seis quadrados a citar o aniversário e escolher um. 
Registam-se, comentam com vosso nome e mencionam @asofiaduar

Os prémios? Já quase me esquecia, a loja está a sortear cupões de 100 $! É mesmo de aproveitar um sorteio destes, há imensa coisa boa para aproveitar.


Alguma questão, digam nos comentário. Boa sorte a todos! 
ANDA DAÍ,
BEIJOCAS!

Seguidores

Instagram

Design, coding and theme by Ana Garcês.
Copyright © 2016